Gluteoplastia

Gluteoplastia

Dúvidas Frequentes

A gluteoplastia de aumento é indicada para as pessoas que querem aumentar ou modelar o bumbum. Geralmente, a indicação é para nádegas pequenas, com formato achatado ou que apresentam flacidez e perda de sustentação.
A cirurgia não corrige as estrias, flacidez e celulites. Essas imperfeições podem ser resolvidas com outros tipos de cirurgias plásticas.

Existem duas técnicas estáveis para aumentar o volume do glúteo: Implantes de próteses de silicone ou;
Enxerto de gordura do próprio paciente.
As duas modalidades são seguras e devem ser realizadas por uma equipe médica qualificada. Geralmente, comandada por um cirurgião plástico credenciado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.
Ambas as técnicas possuem diferenças. Confira abaixo:
Implante de prótese de silicone: é feita uma incisão no sulco vertical natural que existe entre as nádegas. O silicone é introduzido e proporciona um formato mais arredondado às nádegas.
Enxerto de gordura: este tipo de gluteoplastia é normalmente associado a uma lipoaspiração. A gordura do abdômen ou pernas do próprio paciente é extraída e reposicionada na região dos glúteos.
A escolha da melhor técnica utilizada na sua gluteoplastia deve ser tomada em conjunto com o cirurgião plástico.

Transforma a forma e o contorno dos glúteos para melhor;
Procedimento eficaz para glúteos atrofiados, flácidos, pequenos e sem volume, assimétricos, sem projeção ou com pequenos defeitos;
Melhoria da autoestima do paciente.

O glúteo não é uma área tão distensível quanto à mama, porque a pele é menos elástica e a camada muscular e adiposa são muito maiores e mais grossas. Por esse motivo não é possível ter uma variedade de aumento e de formato muito grande. Além disso, o limite de aumento depende da harmonia que o novo glúteo vai compor com o resto do corpo do paciente.

Não. A boa notícia é que este tipo de cirurgia permite que a cicatriz seja disfarçada. Ela fica no sulco interglúteo, na prega natural entre as nádegas e mede aproximadamente 7 centímetros.
Existe risco de a prótese estourar?
As próteses de glúteos são fabricadas com material bastante resistente e seguro. Para estourá-las seria necessário um trauma muito forte. Uma coisa importante, a saber, é que, as injeções nunca devem ser aplicadas na região glútea depois da colocação das próteses. Portanto, o braço passa ser o local mais apropriado para as injeções.

Não. Nenhuma cirurgia plástica apresenta os resultados finais imediatamente. Apesar disso, a gluteoplastia permite que se tenha uma noção muito boa em curto prazo, de como ficará o bumbum após os 6 meses de espera para a forma definitiva.
A cirurgia de prótese de glúteo pode ser associada com outras cirurgias?
Sim. A gluteoplastia de aumento pode ser associada a outras cirurgias plásticas, sendo muito comum a associação com a lipoaspiração.

Após a gluteoplastia de aumento é comum que a região apresente edemas e inchaço. Respeite todas as orientações do seu médico, visando uma boa recuperação:
Evite movimentação excessiva da região;
É recomendado usar compressas de solução fisiológica fria;
Evite alterações climáticas e exposição à luz solar;
Se a gluteoplastia for feita com prótese, o paciente não deve sentar-se por aproximadamente 30 dias. Existem algumas formas de sentar sem apoiar sobre a prótese e seu médico pode auxiliá-lo. Caso a gluteoplastia seja feita com a gordura do próprio corpo, não há este tipo de restrição;
No primeiro mês o paciente deve dormir de lado, não dirigir e evitar salto alto;
Obedeça as recomendações médicas e realize seu retorno conforme indicação do seu cirurgião. O retorno ao médico é um dos elementos essenciais para se obter um resultado adequado e realizar a boa manutenção de sua cirurgia.

Entre em contato e marque sua consulta:

(31) 9 9510-9439

Centro Técnico:
Rua Grécia, 54 – Eldorado – Contagem – MG