Mamoplastia de aumento

A mamoplastia de aumento tem como objetivo acrescentar volume às mamas. Esse procedimento tem como elemento principal a implantação de próteses de silicone.

A cirurgia pode ser indicada quando a mulher apresenta mamas pequenas, assimétricas ou fazendo parte de procedimentos como mastopexia, redução de mama ou reconstrução mamária em pacientes que trataram o câncer de mama.

Na hora de colocar a tão sonhada prótese de silicone é comum surgirem muitas dúvidas. Existem diversos tipo de implantes no mercado, com diferente texturizações, formatos e projeções.

Essa diversidade pode levar a diferenças na qualidade do resultado final dependendo do que foi escolhido. É indispensável tirar todas as dúvidas durante a consulta com o cirurgião plástico.

Dúvidas Frequentes

A cirurgia para colocar silicone é considerada como um procedimento de pequeno porte e de curta duração. Isso significa que ela pode ser realizada tanto no ambiente hospitalar quanto em clínicas especializadas.

Logo, a grande diferença entre a clínica e o hospital fica muito mais por conta da equipe e da estrutura oferecida do que em relação ao local em si.

Além disso, é importante se certificar de que a opção escolhida conte com médicos capacitados e equipamentos e infraestrutura para casos de emergências.

Como dissemos, o implante de silicone é uma cirurgia bastante rápida e tranquila. De forma geral, ela dura entre 60 e 90 minutos apenas, o que significa que a sua alta do hospital ou da clínica também não vai demorar muito!

Como dissemos, o implante de silicone é uma cirurgia bastante rápida e tranquila. De forma geral, ela dura entre 60 e 90 minutos apenas, o que significa que a sua alta do hospital ou da clínica também não vai demorar muito!

Quando dissemos que você pode sair para jantar na mesma noite em que realizar a sua cirurgia para colocar silicone, não estávamos exagerando!

Isso porque a grande maioria das pacientes que passam pelo procedimento recebe alta após 6 horas do fim da cirurgia. Isso acontece porque a tecnologia está muito evoluída, assim como os procedimentos para a colocação das próteses.

Deste modo, os médicos especializados conseguem colocar o silicone e modelar as mamas de maneira rápida e sem complicações, possibilitando que você possa voltar para casa no mesmo dia.

Além disso, é importante dizer que seguir todas as recomendações do seu médico para que o seu pós-operatório seja tranquilo é de extrema importância.

Então, mesmo que você se sinta bem o suficiente para sair para jantar, tome cuidado com os movimentos e sempre prefira ficar de repouso para que a cicatrização seja rápida e as mamas desinchem o mais rápido possível.

Atualmente, a paciente tem uma série de recursos para não sentir dor no pós-operatório da mamoplastia de aumento. Primeiramente, o médico receitará analgésicos que minimizam o desconforto. Dessa maneira, ele possibilita uma boa recuperação.

Além disso, existem outros cuidados para prevenir dores.

A paciente deve estar consciente de que precisará utilizar o sutiã pós-cirúrgico. Essa peça exerce uma compressão moderada sobre os seios e deve ser usada o tempo inteiro, até mesmo para dormir. A única exceção é o momento do banho.

Isso porque o sutiã pós-cirúrgico tem vários benefícios: ele reduz o inchaço e minimiza o desconforto. Ainda é importante destacar outra vantagem. A peça ajuda a modelar as mamas nesse período de recuperação.

Finalmente, o fato de exercer compressão faz com que as mamas recém-operadas fiquem estabilizadas o tempo inteiro. Deste modo, os tecidos que foram descolados durante a cirurgia permanecem unidos mesmo quando a paciente executa os movimentos do dia a dia.

Portanto, o sutiã evita dores e facilita a cicatrização, tornando a recuperação muito mais rápida.

Também não podemos nos esquecer dos cuidados relativos a esse período. A volta às atividades deve ser gradual, respeitando o tempo do pós-operatório.

Inclusive, nos 15 primeiros dias, a paciente não deve levantar os braços. Voltar a dirigir só é permitido depois de 20 dias. Também é proibido carregar peso, realizar esforço e praticar exercícios.

É fundamental, portanto, que a paciente se programe para fazer a cirurgia. Assim ela poderá se afastar do trabalho e atividades que exigem esforço, além de contar com ajuda para tarefas domésticas e para higiene pessoal.

Excesso de esforço físico

Se a paciente não cumpre o repouso corretamente e realiza esforço físico, ela prejudica sua recuperação de várias formas. Isso porque pode haver uma tensão na região da incisão, provocando a ruptura dos pontos.

Além disso, o esforço prejudica a cicatrização interna dos tecidos e a aderência da prótese. Assim, a paciente terá uma recuperação demorada e dolorida, além de riscos como o deslocamento do implante.

Permanecer na mesma posição por muito tempo

Embora a paciente precise de repouso, ela deve se movimentar com cuidado dentro de casa. Isso é importante porque ficar em uma mesma posição por muito tempo provoca dores em outras partes do corpo e dificulta a circulação sanguínea.

Exposição ao sol

Para colocar a prótese, o médico precisará realizar alguns cortes internos e externos. Por isso, a paciente fica com alguns hematomas depois da cirurgia, que passam com o tempo.

No entanto, a luz funciona como um “revelador fotográfico”, que fixa as manchas na pele. Assim, a exposição ao sol pode tornar essas marcas permanentes.

Além disso, o excesso de calor provocará inchaço nas mamas e pode facilitar sangramentos.

Consumo de bebidas alcoólicas

O álcool provoca inchaço no corpo, sendo que sua prioridade no pós-operatório é promover a eliminação de líquidos.

Além disso, o álcool aumenta as possibilidades de sangramento, a sensibilidade à dor física e resseca a pele. Dessa forma, a região que foi esticada para abrigar a prótese de silicone pode ser prejudicada e aumentar as chances de desenvolver estrias.

Finalmente, a interação do álcool com medicamentos é extremamente perigosa. Ele corta o efeito de algumas substâncias e pode até torná-las prejudiciais à saúde.

Consumo de cigarros

Além de conter muitas toxinas e favorecer o surgimento da trombose, o cigarro dificulta a circulação sanguínea. Ele reduz a quantidade de oxigênio e nutrientes que as células recebem, prejudicando a cicatrização.

Alimentação desbalanceada após a mamoplastia de aumento

O corpo precisa de nutrientes que ajudem na recomposição dos tecidos e cicatrização. Por isso, é fundamental consumir proteínas saudáveis, além de muitos vegetais e frutas que ajudam a combater o inchaço.

Por outro lado, a paciente deve evitar comidas gordurosas, açúcar, café e refrigerantes. Eles facilitam a retenção de líquidos (inchaço) e dificultam a nutrição celular.

Higiene inadequada 

Higiene inadequada cria a oportunidade para o surgimento de infecções. Elas podem tomar uma proporção grave e comprometer a cicatrização e o resultado da cirurgia.

Por isso, é fundamental seguir as orientações do seu médico quanto ao banho, troca de curativos, etc.

Existem medicamentos que podem dificultar a coagulação do sangue ou gerar uma interação perigosa com a anestesia. Por essa razão, eles devem ser suspensos antes e depois da cirurgia de silicone. Converse com seu médico e siga as orientações dele.

Entre em contato e marque sua consulta:

(31) 9 9510-9439

Centro Técnico:
Rua Grécia, 54 – Eldorado – Contagem – MG